"As palavras vão saindo assim.Eu não as escrevo, elas já são assim:escapulidas de mim..."

quarta-feira, 25 de julho de 2012

RASCUNHOS





Escrevo
porque penso
mas não penso
quando escrevo

escrevo
ato contínuo
exercito irrestrito

repito, medito
me reedito:
valho o escrito

3 comentários:

  1. Amo as palavras
    pois pra mim
    os atos sao mais complicados.
    As palavras saem de mim
    de forma natural
    quando quero expressa-las
    em escritos
    mas saem desastrosas
    quando minha intençao
    é tornalas dialogo.
    Por isso prefiro
    escrever, escrever e escrever
    pois o escrever honra
    meus pensamentos
    e o falar por vezes me trai
    e tudo de belo que eu tinha
    a dizer se torna um monte de bobagens
    sem sentido.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Mia Couto diz assim : 'nenhuma palavra alcança o mundo, eu sei. ainda assim, escrevo'.

    gosto quando te exercitas....

    beijão

    ResponderExcluir