"As palavras vão saindo assim.Eu não as escrevo, elas já são assim:escapulidas de mim..."

quinta-feira, 8 de abril de 2010


NOITE*

As estrelas
cautelosamente
brilham(apenas)
o suficiente.
Já a lua
impertinente
invade o nosso
obscuro ambiente.

Publicado no livro A Mentecapta

2 comentários:

  1. A noite é parceira dos poetas que respiram sua energia e silêncio como fonte de inspiração.

    ResponderExcluir